8 de jul de 2017

A luta da Igreja Internacional da Graça pelo fim da Travessa da Amizade

Cerca de 72 famílias, ocupantes de uma área, pertencente à Igreja Internacional da Graça, de aproximadamente 5 mil metros quadrados, estão com os dias contados para que desocupem suas casas. 

De acordo com o mandado de reintegração de posse, expedido em 28.05.2013, dispõe que todas as famílias desocupem a área em até 15 dias, a contar da próxima segunda-feira (10), ou os tratores vão devastar o que foi construído em pelo menos 20 anos. 


(Imagem: Carlos Irineu - Travessa da Amizade)

A Travessa da Amizade - nome dado à comunidade - não recebeu este nome por acaso. Em dias de enchentes, por exemplo, um ajuda o outro. Os que possuem casas com dois andares acolhem os demais que perderam tudo para água. No dia seguinte, é todos por um na construção do que foi perdido.


A mesma travessa, que não consta no Núcleo de Denominação de Logradouros Públicos da prefeitura de São Paulo, é registrada com um CEP de outra rua nos dados de cobrança da AES Eletropaulo, que não deixa de medir os relógios mês a mês dentro dos corredores apertados da Amizade.

(Imagem: Carlos Irineu - Izilda Reis Amaral)

Izilda Reis Amaral, 62 anos, vive com seus 9 netos e 3 filhos em um espaço com três camas de solteiro, fogão, mesa e metade de um armário - a outra metade foi levada na última cheia que invadiu a sua casa. 

Com uma renda de R$ 150,00, a empregada doméstica faz questão de pagar a conta de luz a comprar comida. ''Eu estava na escola, estudando o 3° ano do fundamental. Quando cheguei, soube que a polícia veio pedir para que saíssemos em 15 dias''. Izilda tem feito as faxinas com apenas uma mão, pois está com o braço direito engessado, após ter caído numa ponte que dá acesso ao corredor de sua casa. 

(Imagem: Carlos Irineu - Travessa da Amizade)

A Igreja Internacional da Graça, fundada por Romildo Ribeiro Soares - mais conhecido como R.R Soares, o 4° pastor mais rico do Brasil - segundo a revista Forbes-, está presente em mais de 173 países com 5 mil templos em seu total. Questionada sobre o papel social da igreja, que vai desalojar centenas de crianças e pessoas sem nenhum tipo de renda, a assessoria de imprensa preferiu não se pronunciar.

A AES Eletropaulo, que instalou seus relógios dentro de um espaço privado e que não consta nos dados da prefeitura, não respondeu aos questionamentos.