5 de jun de 2017

Jardim Iguatemi é um dos piores bairros para se viver, segundo dados do IDH

De acordo com dados de 2016 do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que faz um comparativo de riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida e natalidade dos bairros de cada cidade, apontou o bairro Iguatemi, extremo da zona leste de São Paulo, como um dos piores da capital (0,751), ocupando a 92° posição.

É na comunidade que os problemas sociais estão expostos. Onde jovens e crianças estão vulneráveis às drogas e ao alcoolismo. É lá que dezenas de mulheres sofrem violência doméstica diariamente. Onde crianças são obrigadas a passar o tempo nas ruas, pois não há vagas em escolas e creches. E é neste mesmo lugar que muitas famílias não têm o que colocar na mesa para comer.


(Imagem: Associação Vicente de Paulo)

Contar com a ajuda do poder público está cada vez mais difícil, ainda mais quando se trata de comunidades. Uma pesquisa do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), levantou que os pobres pagam 44,5% mais impostos do que os ricos. Mas, onde será que esse dinheiro é aplicado? 

Joana Daque, mãe, esposa, voluntária e fundadora da Associação São Vicente de Paulo, não recebe ajuda financeira do governo e mantém um projeto que abriga todas as famílias carentes deste bairro, que está entre os piores no IDH. ''Faço com amor. Às vezes, eu tiro da minha casa para ajudar o próximo. Sinto a necessidade de acolher quem precisa'', disse a mulher que sonha em conquistar o próprio espaço e criar projetos culturais para a comunidade.

Com parte do salário do esposo e algumas doações de parceiros, Daque mantém o aluguel de um espaço que recebe quem estiver precisando de ajuda. Sejam roupas, colchões, alimentos e até mesmo orientações para resolverem algum problema pessoal.

A cada 15 dias, moradores podem pegar a sua sacola e fazer uma feira com legumes e frutas que a Associação faz questão de ir buscar no CEAGESP e repassar a todos. 


(Imagem: Associação Vicente de Paulo)

Em tempos de corrupção, desemprego, crise política e econômica, encontrar pessoas que fazem o bem, sem segundas intenções, é quase que encontrar político honesto no Congresso Nacional. 

Para continuar ajudando Joana Daque a manter este projeto, entre em contato e conheça a Associação São Vicente de Paulo.

Página no facebookhttps://www.facebook.com/saovicentedepauloass/
Contato: (11) 2731.4647
Endereço: Rua Tineciro Icibaci, 2799 - Iguatemi